Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mil e quinze

Livros, séries, filmes e muito mais ♥

31
Mai21

FILMES: The Father

Vera

Há uns dias fui ver este filme ao cinema, e a curiosidade era muita.

 

imagem_2021-05-31_185639.png

 

(...) um homem idoso recusa toda a ajuda de sua filha à medida que envelhece. Ela está se mudando para Paris e precisa garantir os cuidados dele enquanto estiver fora, buscando encontrar alguém para cuidar do pai. Ao tentar entender suas mudanças, ele começa a duvidar de seus entes queridos, de sua própria mente e até mesmo da estrutura da realidade. Fonte: AdoroCinema

 

The Father parece-me ser um daqueles filmes com maior foco na experiência que proporciona do que propriamente no enredo em si, já que é um filme que não me pareceu ter princípio, meio e fim - e até acabou de forma um pouco repentina. Não se presta tanto a contar uma história e sim a mostrar simplesmente vários momentos na vida de uma pessoa com Alzheimer.

 

No entanto, eu confesso que esperava precisamente um filme com um enredo mais substancial, e saí da sala de cinema sem saber bem o que achar. Esperava algo completamente diferente. Não acho que o filme seja mau, mas acho que poderia ter "cavado" ainda mais fundo e ter tido ainda mais profundidade.

 

Adorei, adorei, adorei a representação do Anthony Hopkins - nem se podia esperar outra coisa deste actor. Conseguiu carregar todas as emoções e mais algumas neste filme com um tema tão doloroso e pesado.

 

Em suma, achei o filme bom e recomendo a 100%, mas sinto que não me convenceu por completo por ter tido expectativas diferentes que não foram correspondidas. Sinto que ficou a faltar algo mais.

 

3.5.JPG

 

Já viram este filme? Contem-me a vossa opinião nos comentários!

18
Mai21

As próximas leituras

Vera

Antes de mais nada, sei que tenho andado pouco activa por aqui. Continuo a visitar regularmente os blogs, mas não tenho escrito muito por aqui. A razão principal, e que acaba sempre por influenciar um pouco todas as outras, é que estou, desde Março, numa formação que me ocupa a maior parte do tempo da maior parte dos dias. Como se isso não bastasse, aliado à minha falta de energia constante temos o facto de que nos últimos tempos ando a dormir pessimamente (ainda pior do que já costumo, digamos). Tudo isto se traduz em bastante cansaço - mais ainda do que o que já sentia - e em gastar o tempo e a pouca energia que tenho nas tarefas que tenho da formação. Para além disso, também ando desmotivada com o blog, de um modo geral, e confesso que a vontade de vir aqui escrever tem sido pouca.

 

Mas, depois desta longuíssima introdução que provavelmente não interessa a ninguém, venho então falar um pouco do que acho que vão ser as próximas leituras. É verdade que decidi seguir o desafio Uma Dúzia de Livros da Rita da Nova, mas também é verdade que já no ano passado não o fiz à risca, fi-lo quando me fazia sentido. Este mês não estou a ler um livro alusivo ao tema de Maio. Entretanto também me deu um "vaipe" em que comecei a pensar na quantidade de livros que tenho na estante que ainda não li - e curiosamente pensei muito sob a perspectiva dos livros que tenho a ocupar espaço e que talvez nem vá gostar de ler. Sim, uma perspectiva meio estranha de se pensar, mas a verdade é que foi isso que me veio à cabeça. Por isso, de caneta numa mão e post-it na outra, fiz uma lista dos livros que ainda não li. Pressinto que muitos deles não fazem sequer mais o meu estilo, que não vou ter grande interesse em alguns, que já não fazem muito sentido ler. Mas como é óbvio vou tentar, e só depois disso retirar as minhas conclusões. É verdade que, a certa altura, posso começar a fartar-me de estar apenas focada nestas leituras e fugir destes objectivos mas, até ver, esta é a lista de livros que tenho na estante à espera de serem lidos:

 

  • Orgulho e Preconceito, Jane Austen
  • Jane Eyre, Charlotte Brönte
  • Mrs. Dalloway, Virginia Woolf (tentei ler há muitos anos, deixei a meio)
  • O Crime de Lorde Arthur Savile, Oscar Wilde
  • A Voz Subterrânea, Fiódor Dostoiévski
  • O Mito de Sísifo, Albert Camus
  • Qadehar O Feiticeiro, Erik L'Homme (se não estou em erro é juvenil, não estou com grande interesse de o ler mas vou tentar)
  • Maigret & A Morte de M. Gallet, George Simenon (o interesse também não é muito, mas confesso que já nem sabia que é um policial)
  • Maus - Volume I, Art Spiegelman,
  • Diário de um Escândalo, Zoë Heller (sem grande interesse também; já tentei ler e deixei a meio)
  • Tudo Debaixo do Céu, Matilde Asensi
  • A Paixão de Emma, Charlote Bingham (quero tentar ler porque foi oferecido a uma pessoa que perdi, no entanto não acho que vá fazer o meu estilo)
  • A História Secreta, Donna Tartt
  • Por Treze Razões, Jay Asher

 

Ufa... Sim, são imensos. Como tentei demonstrar, muitos deles já quase adivinho que não vão ser terminados nem vão ser leituras bem-sucedidas. Mas tentar não custa! Em princípio, estas serão então as minhas próximas leituras, sem ordem específica.

 

Conhecem alguns deles? Quais já leram? Falem-me deles, para ver se aguça a minha vontade  E já agora, falem-me do que estão a planear para leituras futuras!

01
Mai21

OUTROS: A minha (mini) colecção de Pops!

Vera

Hoje o post vai ser um pouco diferente do habitual, simplesmente porque me apeteceu vir aqui conversar sobre uma das minhas coisas preferidas e mostrar-vos a minha (mini) colecção.

 

Com certeza todos vocês conhecem as figuras de colecção "POP!" da Funko. Eu sempre achei imensa piada, mas como ganhava e continuo a ganhar uma mera mesada, acabava por gastar o dinheiro noutras coisas que considerava mais importantes e o plano de começar uma colecção de Pops ficou adiado para quando começasse a trabalhar. Para me contentar da minha miséria fui comprando versões porta-chaves... no AliExpress. Sim, nem sequer eram mesmo da Funko  Todos os porta-chaves que virem nestas fotos são de lá.

 

Agora vocês pensam: se venho aqui falar de uma colecção é porque já comecei a trabalhar, certo? Errado. Continuo desempregadíssima da vida, mas o que aconteceu foi que conheci um rapazinho cujo quarto inteiro é um autêntico museu de artigos de colecção (Pops e não só) e a minha conta bancária não agradece que eu tenha começado a cair neste mundo cada vez mais graças a ele. E assim começou o meu vício por Pops. O primeiro que comprei foi o do Jon Snow, numa promoção de leve 3, pague 2, junto com o do Harry (que, por erro do site, não estava em stock e chegou meses mais tarde), sendo que o terceiro foi mesmo para esse ser humano culpado da minha nova desgraça. Desde então eu já nem vos sei mais dizer a ordem de compra, porque já me perdi um bocado neste mundo. Só não comprei mais precisamente pelas limitações financeiras, mas neste momento começo a deparar-me também com limitações de espaço, que não é muito e está quase a acabar.

 

Tenho uma lista infinita de Pops na wishlist, com uns quantos maiores, mais caros, edições especiais, exclusivos, enfim... Que ainda só cá não vieram parar porque não ando a ganhar um ordenado todos os meses. A colecção é pequenina mas tem muito amor - ainda mais porque eu sou uma esquisitinha; não gosto de qualquer Pop nem compro qualquer um. Vai continuar a crescer - sim, apesar da falta de espaço. Não me perguntem como, que eu também não sei bem. Mas já aceitei que se calhar vou ter de arrendar um T2 para ter uma divisão inteira para a minha crescente colecção  Ora aqui fica então a dita cuja, ainda muito bebé:

 

2021-04-25 03.09.46 1.jpg

 

Em cima, da esquerda para a direita: Chandler (Friends), Phoebe (Friends), Olaf (Frozen II), Anna (Frozen II), Iron Man (Avengers: Endgame - brilha no escuro e foi oferecido pelo ser acima mencionado ), Iron Man (edição Red Chrome).

Em baixo, da esquerda para a direita: porta-chaves da TARDIS (Doctor Who), Baby Yoda (The Mandalorian), Lando (não é Pop e não sou fã de Star Wars mas tem valor sentimental), Jon Snow (Game of Thrones), Patrick Bateman (American Psycho), Homelander (The Boys), Atlantean soldier (também não é Pop, apesar de ser da Funko; é do Aquaman, também não sou fã mas também tem valor sentimental).

 

2021-04-25 03.09.45 1.jpg

 

Aqui temos então apenas o Harry e o porta-chaves do Dobby. Quero acrescentar Pops aqui e, obviamente, terminar a colecção de livros também.

 

Já escrevi esta publicação há coisa de uma semana e, desde então, a minha colecção já aumentou. Nunca pensei que isto fosse acontecer, mas surgiu um Pop raríssimo do vilão de Skyrim (um dos meus jogos preferidos), que já não está sequer a ser produzido e foi descontinuado. Tive que recorrer às minhas poupanças para doer menos, mas gastei uma pequena "fortuna" (40€) para o comprar. É dos "médios", acima do tamanho normal, e aqui está a nova relíquia da minha colecção e o actual menino dos meus olhos:

 

2021-05-01 06.16.15 1.jpg

 

Estou apaixonadíssima porque tem imenso detalhe, sobretudo nas costas - e se doeu o dinheiro gasto de início, assim que o vi percebi que valeu cada cêntimo.

 

Como se isso não bastasse, já fiz a pré-reserva de mais dois: o do Chandler em flocked (com pêlo) e um do novo Captain America (Sam). Sim, é possível que esteja à beira da falência 

 

Vocês gostam destas figuras de colecção? Quais são as vossas? Também são viciadxs ou conseguem controlar-se? Partilhem tudo comigo nos comentários!