Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mil e quinze

Livros, séries, filmes e muito mais ♥

25
Nov21

SÉRIES: American Crime Story, Temporada 3 (SEM SPOILERS)

Vera

American Crime Story é uma antologia em que cada temporada nos conta uma história diferente, nomeadamente histórias de crime reais que ocorreram nos Estados Unidos da América. Hoje venho falar-vos da terceira temporada, intitulada de Impeachment, que nos mostrou todo o escândalo sexual em volta de Bill Clinton, com maior foco no caso que este teve com Monica Lewinsky, mas não só.

 

imagem_2021-11-24_145124.png

 

Em 1998, um escândalo envolvendo o então presidente americano Bill Clinton (Clive Owen) se tornou manchete em todos os jornais. Clinton se envolveu em um relacionamento extraconjugal com uma das estagiárias da Casa Branca, Monica Lewinsky (Beanie Feldstein) e o caso entre os dois deu início a um turbulento processo de impeachment contra Clinton. Fonte: AdoroCinema

 

Conhecia pouco deste caso, no fundo sabia o básico dos básicos: já tinha ouvido falar, algures na minha vida, sobre uma Monica Lewinsky com quem o ex-presidente Bill Clinton tinha tido um caso, sabia que tinha sido polémico na altura - e os meus conhecimentos acerca do ocorrido ficavam-se por aqui. American Crime Story ainda não me desiludiu com nenhuma das temporadas, e como não podia deixar de ser, eu adorei esta temporada. Gostei mesmo muito, é facilmente uma das melhores coisas que vi este ano.

 

A temporada está muito, muito bem feita. Não houve, que me recorde, um único episódio que não tivesse achado interessante e que não me tivesse mantido interessada. Foi uma temporada que me deu imenso prazer assistir - o que é algo que eu não sinto assim tantas vezes, mesmo quando as obras não têm propriamente qualquer problema.

 

Absolutamente tudo funcionou na perfeição nesta temporada, genuinamente não tenho um único aspecto negativo a apontar nela: não achei o enredo lento demais nem, por outro lado, apressado demais; não achei que ficou aquém em qualquer aspecto mais técnico; a história foi contada no ritmo e tempo certo. Há no entanto um aspecto que tenho de destacar fortemente, acima de qualquer outro: a escolha do elenco e as suas representações. Se esta temporada foi um trabalho belíssimo do princípio ao fim, em muito se deve aos principais actores que nela trabalharam. Como já referi, conhecia pouco do caso, e ao ver esta temporada não precisei de o conhecer para perceber que as pessoas interpretadas pelos actores eram assim mesmo, tal e qual como as estavam a representar. Para mim, é de destacar o Clive Owen como Bill Clinton, com o tom de voz e entoação perfeitos para o interpretar; a Beanie Feldstein, que conseguiu trazer o peso e emoção dos momentos mais tensos para o ecrã, vestindo o papel de Monica, a principal vítima de tudo isto; e a Sarah Paulson enquanto Linda Tripp, com todos os maneirismos, expressões faciais, tom de voz e entoação da personagem. Espero sinceramente que muitos destes papéis rendam várias nomeações a prémios (e mais ainda, que os vençam).

 

Como não conhecia o caso, não sei se a história foi contada de forma fiel ou não, até porque soube, depois do final, que a própria Monica Lewinsky foi produtora desta temporada - muita gente tem associado este facto a uma maior ingenuidade que se vê na personagem de Monica ao longo da história, alegando ser uma ingenuidade que pareceu propositadamente exagerada na execução da série. Mas acho que não só acaba por mostrar muito bem o ocorrido, como - não sendo nada de novo - nos mostra o perigo presente na perseguição dos media, bem como que as verdadeiras vítimas no meio desta história toda foram as mulheres, enquanto - mais uma vez, não sendo nada de novo... - o homem que cometeu os crimes foi aquele que mais escapou às consequências e que praticamente saiu impune de tudo.

 

Não sei dizer se esta foi a minha temporada favorita, mas é apenas porque já não me recordo tão bem das anteriores, uma vez que gostei mesmo muito desta. Recomendo a temporada, mas na verdade recomendo a série como um todo porque, como referi, ainda não houve uma única temporada que me tivesse desiludido. Vale a pena ver, e só espero que não se torne vítima da famosa síndrome de série que fica eventualmente arruinada por se estender demasiado no tempo. Até ver, ainda está nos seus tempos áureos!

 

4.JPG

 

Conhecem esta série? O que acharam desta temporada?

22
Nov21

FILMES: Eternals

Vera

Mais um mês, mais uma obra da Marvel a ser lançada.

 

 

Originários dos primeiros seres a terem habitado a Terra, Os Eternos fazem parte de uma raça modificada geneticamente pelos deuses espaciais conhecidos como Celestiais. Dotados de características como imortalidade e manipulação de energia cósmica, eles são frutos de experiências fracassadas de seus próprios criadores, que também foram responsáveis por gerar os Deviantes, seus principais inimigos. Fonte: AdoroCinema

 

Um filme com um elenco de luxo, com nomes como Angelina Jolie, Kit Harington e Richard Madden, entre outros. Trouxe para muitos a Gemma Chan como revelação, mas eu já a conhecia da série Humans e foi bom voltar a vê-la numa obra de um universo tão aclamado.

 

De um modo geral, gostei bastante do filme. Tenho visto muitas opiniões ambíguas, com pessoas a adorar o filme e outras a não terem gostado tanto, e penso que seja por nos dar algo um pouco diferente daquilo a que a Marvel nos habituou, embora não saiba dizer exactamente como. O que é certo é que eu, não tendo propriamente adorado o filme, também não desgostei de todo dele.

 

Se há coisa que me irrita desde o primeiríssimo momento em que decidi ver todos os filmes da Marvel desde o início, e por ordem de lançamento, são os romances chatinhos que decidem incluir nas histórias. Eu sei, eu sei que não pode ser só acção, que é preciso colocar algo de diferente, e atenção, não desgosto propriamente de todos os romances que vi em todos os filmes até hoje. Contudo, dito isto, não podia ser surpresa que este foi mais um filme em que achei algumas das cenas românticas simplesmente chatas e aborrecidas. Mas isto sou eu, que não acho assim tanta piada a comédias românticas e até os livros românticos precisam de fugir a clichés para me agradarem. Tinha de falar disto porque é uma coisa que me tira logo de toda a experiência de ver um filme numa sala de cinema, e em vez de estar imergida no filme estou de repente a olhar para o ar à espera que aquela cena daquilo que parecem longos segundos passe. Sim, eu sei, sou uma chata. Mas adiante!

 

Apesar desse pequeno pormenor, achei um filme no geral muito bem feito, com uma história interessante e vários daqueles bons momentos de humor a que a MCU já nos habituou desde sempre. (Pequeno spoiler: podiam era se calhar não ter chamado de Sersi (lê-se igual a "Cersei") o elemento feminino de um triângulo amoroso completado pelo "Jon Snow" e pelo "Robb Stark". Foi extremamente distractivo para quem já viu Game of Thrones...)

 

Vale a pena ser visto no cinema e traz as habituais revelações nas cenas pós-créditos, a que também já fomos desde sempre habituados. Sei que digo sempre isto, mas é de facto um bom filme para entreter e vem introduzir novas histórias e novas personagens a quem, como eu, não segue de todo os comics e só se baseia nos filmes. Mas estou mais entusiasmada por ver o novo filme do Spider-Man; não se chateiem comigo - foi giro, mas já chega de elementos novos. Agora quero é ver aquilo que até quem não gosta da Marvel já conhece. Mais ainda porque esse filme parece prometer. Aguardemos o próximo.

 

4.JPG

 

Quem já viu Eternals? Estão no pólo positivo das opiniões ambíguas ou nem por isso?

18
Nov21

SÉRIES: Squid Game

Vera

Já vi esta série há algum tempo e venho hoje aqui falar sobre o que achei dela. Com certeza já ouviram falar, porque andou (acho que ainda anda) nas bocas do mundo, mas para quem não conhece aqui fica a sinopse:

 

 

Squid Game, série sul-coreana original da Netflix, acompanha um grupo de pessoas desesperadas por dinheiro que recebem um misterioso convite para participar de jogos competitivos inspirados em brincadeiras infantis. Sem saber qualquer coisa sobre o convite, centenas de pessoas comparecem ao local para participar do evento. Ao final do jogo, o vencedor poderá levar para casa um prêmio milionário e resolver todas as suas dívidas. Porém, o que eles não sabem é que os perdedores não saírão vivos desse jogo. Agora os competidores precisarão lutar para sobreviver a essa macabra disputa. Fonte: AdoroCinema

 

Antes de mais, Squid Game conseguiu uma coisa que já não me acontecia há bastante tempo e deu-me uma sensação que já não sentia há muito: a de querer saber tudo o que acontece a seguir e, por isso, devorar todos os episódios de uma série de uma vez. Sim, comecei e acabei Squid Game no mesmo dia; vi tudo numa tarde - uma experiência da qual já nem tinha recordação.

 

Acabei a gostar bastante da série e entreteu-me bem, mas, sou sincera, não acho que seja uma obra prima assim tão grande que justifique todo o hype que a rodeou. O conceito é interessante mas, no fundo, não é nada de novo - já vimos coisas parecidas na saga The Hunger Games e até em Saw.

 

Acho que aquilo que se destaca na série, e que possivelmente foi um dos principais aspectos que conquistaram o mundo, são os cenários. Todos os cenários e toda a direcção de arte foram muito bem feitos nesta série, conseguiram criar coisas diferentes e bonitas, cada uma à sua maneira.

 

Apresenta uma ou outra falha no enredo mas, de um modo geral, é uma série bastante boa para entreter. E depois de a ver fiquei a perceber perfeitamente porque é que alguns pais não querem que os filhos a vejam, e fiquei a perceber ainda menos os que permitiram que isso acontecesse - não seria uma série que deixasse uma criança ver, por ser violenta.

 

Em suma: aconselho (a quem tenha idade para isso), acaba por entreter bastante bem.

 

4.JPG

 

Já viram esta série ou remaram contra a maré do resto do mundo? O que acharam?

01
Nov21

OUTROS: A colecção continua a crescer

Parte 2 da minha colecção de Pops: geral, HP, Friends...

Vera

Já há um tempo que andava a pensar em escrever uma segunda parte para vos falar dos Funko POPs que fui adquirindo desde que vos mostrei a minha colecção no post original, e qual não é o meu espanto quando vejo que o primeiro post foi publicado a 1 de Maio - ou seja, hoje faz exactamente meio ano desde essa publicação, pelo que me pareceu a altura perfeita para vos dar um update. Se ainda não viram a primeira parte, vão para lá correr! 

 

Ora, antes de mais, é de referir que neste meio ano que passou eu continuei desempregada e, por isso, continuei a gerir uma pequena mesada que foi usada para muito mais do que apenas POPs, mas, mesmo assim, acho que até fiz umas boas aquisições. Sei que talvez não vá parecer, mas tenho andado muito mais controlada na compra destes bonequinhos coleccionáveis que dão cabo da carteira de qualquer um que entre neste mundo! Posto isto, vamos lá passar às novas aquisições.

 

Se viram o primeiro post, vão certamente notar que aqui a pessoa teve a brilhante ideia de pintar a estante de branco - o resultado safou-se, mas acreditem que a estraguei em alguns aspectos. Talvez não confiem no Google quando vos diz para lixarem melamina antes de a pintarem. E talvez giram melhor a quantidade de tinta branca para uma base que já é obviamente mais escura. E talvez comprem rolos pequeninos para os cantos. Não têm de quê pelas dicas... Vamos avançar? Como é óbvio, vou falar apenas dos POPs que comprei nestes últimos 6 meses, porque dos outros já falei no primeiro post.

 

Se antes só tínhamos uma prateleira dedicada à minha colecção geral e outra dedicada à colecção de Harry Potter, e eu já me estava a queixar da falta de espaço, nestes 6 meses fui abençoada pelos deuses da arrumação e organização e consegui mais espaço: temos uma prateleira para a colecção geral, uma para a de Harry Potter (e essa, sim, está mesmo a ficar sem espaço para tudo!), uma para uma colecção de Friends, um espaço para POPs maiores e uma para a colecção geral que eventualmente ainda venha a chegar, e que foi estreada hoje mesmo (no dia em que escrevo isto). E ora então, que novidades tivemos por estes lados?

 

2021-10-29 12.24.49 2.jpg

Nesta nossa "prateleira geral 1.0", e que vocês já conheciam do primeiro post, tivemos a adição do Falcon como Captain America (fila de cima, 3º a contar da esquerda) e, logo a seguir, da Wanda Maximoff, que brilha no escuro! Esta foi uma grande aventura para comprar e chegar, tendo sido comprada e cancelada na Espanha, e depois comprada na Austrália - marcou a minha estreia com as novas regras da alfândega e com uma compra internacional, além de ter demorado uns bons meses a chegar. Mas era um POP que queria muito, muito, muito. Além de gostar muito da personagem, o POP, com as chamas e os olhos glow in the dark, é simplesmente lindo! Temos ainda a adição do 10th Doctor de Doctor Who (primeiro à esquerda na fila de baixo), uma das minhas personagens favoritas de sempre de uma das minhas séries favoritas de sempre, foi comprado a um particular em segunda mão porque não se encontra à venda em Portugal. E, sendo um POP que eu já queria adquirir eventualmente, tive de aproveitar a oportunidade. Apesar de não ser Funko POP, também temos a adição de um capacete do Iron Man que saiu no primeiro fascículo de uma edição do Planeta DeAgostini - custou apenas 1€, é de metal, de muito boa qualidade e os olhos acendem (os do meu não, mas é suposto acenderem ).

 

2021-10-29 12.24.49 1.jpg

Passamos assim para a minha nova (e ainda muito bebé) colecção dedicada a Friends! Se me seguem há algum tempo já sabem que esta é uma das minhas séries favoritas de sempre. Tem um lugar muito especial no meu coração. Nesta temos a adição do Chandler Bing em flocked, ou seja, com pêlo - que é aquele que vêem na cúpula de vidro. Como já deu para perceber, eu gosto de coleccionar os POPs fora da caixa - no entanto, torna-se difícil fazer isso com os flocked porque são de um material onde o pó agarra mais, tornando a limpeza mais difícil. Durante uns tempos tive-o dentro da caixa, mas não gosto de "prender" os POPs na caixa e tive a ideia de o meter numa cúpula de vidro - assim não apanha pó na mesma, mas também não está dentro da caixa e pode brilhar em todo o seu esplendor!

Comprei ainda o Joey e o Ross, também a um particular porque não se vendem em Portugal e estão temporariamente indisponíveis para venda. Foram um investimento, porque foram algum dinheiro que não queria gastar, mas custaram menos do que deveriam e por isso também tive de aproveitar. A pessoa que mos vendeu tinha muitos mais destes POPs antigos de Friends, e eu quero eventualmente fazer a colecção toda, mas priorizei aqueles que mais queria acima de outros. Como podem ver, juntei ainda um livro sobre Friends, que comprei no OLX mas ainda não li, e uma agenda não oficial, comprada na Purple Pineapple Design. Esta colecção é para crescer, e bem!

 

2021-10-29 12.24.48 1.jpg

No primeiro post já vos tinha mostrado o Alduin (o dragão no meio); entretanto comprei mais dois POPs acima do "tamanho normal": o Dumbledore com a Fawkes, que é 10 inches, e o Jon Snow no trono que, tal como o Alduin, é de 6 inches. O Dumbledore foi comprado com uma pequena parte do dinheiro que fiz com uma formação financiada, e o Jon Snow foi uma pechincha única: estava em promoção a 15€, quando na realidade custa de 30 para cima. Obviamente, tive de aproveitar também.

 

2021-10-29 12.24.47 1.jpg

Passando para a minha colecção de Harry Potter, no primeiro post só tinha o POP do Harry! Além da adição do segundo livro de Monstros Fantásticos, comprado a 9€ numa bela promoção, e do Criança Amaldiçoada, por menos de 10€ no OLX, temos o POP do Dobby, que para mim foi uma desilusão de início - achei-o demasiado simples e não era o que esperava; considerei vendê-lo mas acabei por me habituar a ele e gostar dele. Temos ainda o POP do Ron com o Scabbers, que acho extremamente fofinho. Foi comprado a um particular porque não se encontrava à venda em Portugal, mas entretanto já existe novamente em várias lojas. Temos a Hermione, comprada com um desconto de 5€ e, finalmente, o Hagrid com o bolo de aniversário do Harry, de 6 inches, que foi a prenda de aniversário do meu namorado.

 

2021-10-29 12.24.50 1.jpg

Por fim, no dia em que vos escrevo isto, recebi um POP que já tinha reservado desde o final de Maio e começou agora a chegar às lojas: o Grogu (ou baby Yoda) com a borboleta. Ainda vou organizar melhor a colecção para pô-lo junto ao outro POP dele, mas acho este POP muito amoroso e fofinho - só tenho pena de não ter vindo com a cabeça virada como nas imagens, e como é bobble head fica mais difícil de a virarmos nós próprios.

 

Ufa! Este post já está enorme. Desculpem, mas gosto mesmo destes bonequinhos e quando começo a falar já não paro. Tenho gostado muito da minha colecção e de como está a ir, a tendência vai ser sempre aumentar, da forma que me fizer sentido, claro. Ao contrário de muitos coleccionadores que tenho visto, não tenho interesse em coleccionar waves inteiras de obras (tirando Friends), waves inteiras de personagens e afins... Compro quando gosto mesmo dos POPs em si. Faz-me ainda menos sentido quando, por exemplo, os Harry Potter's que existem são todos muito uns iguais aos outros, tornando-se uma reciclagem do modelo base com roupas e outros elementos mínimos diferentes. Apesar de tudo, tento sempre comprar e construir a minha colecção da forma mais consciente possível, e tento sempre aproveitar as melhores ofertas.

 

Mas pronto, esta é a minha colecção actualizada, até ver! O que acham? Gostam destes bonequinhos (chamo-lhes isto com carinho, antes que algum coleccionador me caia em cima! )? Fazem alguma colecção? Contem-me tudo nos comentários!

Mais sobre mim

foto do autor

29 ∷ Miúda do interior com alma de lisboeta ∷ Digital marketeer ∷ Overthinker a tempo inteiro ∷ Sempre a saltar de livros para séries para jogos nas horas vagas

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

📖 A ler:

📺 A ver:

Devs, Temporada 1
Friends, Temporada 8 (a rever)
Daredevil, Temporada 3
Mad Men, Temporada 1
Schitt's Creek, Temporada 4
Guillermo del Toro's Cabinet of Curiosities, Temporada 1

🎮 A jogar:

Stardew Valley
Tomb Raider
Pokémon Gold

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D